quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Regra de Três

Você já leu a "Insustentável Leveza do Ser?"

Eu não. Mas me indicaram um trecho bastante interessante:

"Pode-se ver a mesma pessoa num curto intervalo de tempo, nunca mais que três vezes. Ou anos e anos deixando passar um período de três semanas a cada encontro."

Essa é a REGRA DE TRÊS que o personagem Tomas do livro citado acima utiliza para não se apaixonar.



Você queridinha-do-papai-que-acredita-em-príncipe-encantado deve estar pensando...Mas por que raios alguém quer não se apaixonar, que é a coisa mais fofa do mundo?

A resposta para sua pergunta é: Foda-se. 
Não é disso que eu quero falar aqui. O que eu quero é discutir se funciona mesmo...

1a parte da regra: 
"Pode-se ver a mesma pessoa num curto intervalo de tempo, nunca mais que três vezes."

Hummm....Não sei não.
Dependendo do que você quer com a pessoa, 3 vezes pode não ser suficiente. Será que esse Tomas sempre mata aquela vontade febril de consumir alguém até a última gota de secreção até o 3o encontro. Duvido. 
Tem mina que amarra mais que cadarço. Infelizmente. (E mulher, saiba você que essa estrategiazinha colegial de roçar, roçar e "não dar no 1o encontro", não faz nenhum homem se apaixonar por você. Só faz ele voltar pra casa e pensar em outra, se é que você me entende).
Portanto, em prol do Jeb*, você deve ignorar essa parte da regra porque ninguém se apaixona SÓ por "ver" a pessoa 3 vezes num curto espaço de tempo.
A não ser que você tenha mamilos sabor-cerveja. Aí a história muda. Mas isso é papo para outra hora.

2a parte da regra:
"...Ou anos e anos deixando passar um período de três semanas a cada encontro."

Tá aí uma coisa que pode funcionar. Eu sempre preferi chamar esse tipo de relacionamento de JEB FIXO. Mas cada um dá um nome, né? 
Fuckbuddy, 3-week-jeb-partner, booty-call it however you want....
E pensando bem, se você encontra com uma pessoa por anos a fio e sempre espaçadamente...pode ser que você não se apaixone nunca mesmo.
3 semanas me parece um tempo razoável...tipo, dá tempo suficiente de você tentar comer conhecer outras pessoas, mas não tempo suficiente pra você virar um maníaco sexual por falta de Jeb.

Boa Tomas. Volátil, mas boa.

2 comentários: