terça-feira, 6 de março de 2012

13 Tabus no Jeb para se Quebrar Antes de Morrer

Se você pratica o Jeb* constantemente, já deve ter se deparado com situações estranhas, pedidos bizarros e fantasias que você não se sentiu nem um pouco à vontade de realizar.
E é por causa desses momentos marcantes que os Tabus surgem na vida de cada um. De modo geral, pode-se definir Tabu como qualquer assunto ou comportamento inaceitável ou proibido em uma determinada sociedademas nesse caso estamos falando mais exatamente de experiências que você vivenciou e na hora pensou: "Que porra é essa? Não vou fazer nem fodendo!"
Sejam eles provenientes de trauminhas de infância (tipo pegar seus pais no meio do Jeb*), noinhas de menina ou nojinhos de meleca, você terá que superá-los para adquirir mais experiência sexual.


Baseado nisso, o Jebeando resolveu listar alguns Tabus bastante comuns que você deve encarar - pelo menos uma vez na vida - para poder um dia dizer:
"Filhão, já fiz de tudo nessa vida. Agora posso morrer em paz."

Prepare sua caneta e tente completar a Checklist abaixo:


1 - A Virgindade: First Things First. A tal primeira vez é um tabu para as 9vinhas e para as nem tão novinhas assim. Depois que menstruam, o próximo passo para se tornar uma mulher de verdade se resume a 3 letras: D A R. Para as menores de idade, valem recomendações e mais recomendações. Para as com 18 ou +, vale confiar no parceiro. Para as com mais de 25 anos, vale o primeiro que passar na rua antes que ninguém queira te comer mais tudo.

2 - Fio Terra: Convite ao Sexo Anal. Se você é mulher, já deve ter enfrentado engraçadinhos com o dedo médio por lá. Um sorriso nessa hora é uma forma de confirmar o RSVP. Se você é homem, não aconselho experimentar...Vai que você gosta e resolve mudar de time, né?


3 - Sexo Anal: Um tabu que funciona como programa de milhagem. Depois que o homem acumula bastante crédito para viajar nessa região, só resta você aceitar e...SMILES.


4 - Ménage à Trois: É necessário que o casal seja muito bem-resolvido para embarcar numa empreitada dessas. Seja com uma acompanhante remunerada, com a vizinha ou a melhor amiga da namorada será necessário estabelecer algumas Ground Rules, caso contrário o Day After pode ser bastante desagradável. Para os mais desesperados, existe uma maneira mais fácil: Chame uma amiga bem piranha, vá a uma Casa de Swing e atire para todos os lados. #truestory


5 - Orgia/Suruba: Para quebrar esse tabu, vale seguir alguns passos:
1o - Cultive amigos liberais.
2o - Embebede-os.
3o - Conte para seus amigos. Afinal, qual é a graça de não contar isso pra geral?


6 - SPEEDPETA* (Chupeta com o carro em movimento): Medinho de ser parado pela CET? Receio de bater o carro em alta velocidade? Tá aí a graça. Aproveite a adrenalina do momento e caia de boca no câmbio do peguete/namorado/marido.


7 - Hot Dog com Molho - Não precisa dizer mais nada, né?




8 - Jeb* em lugar público: Muitos têm tara de fazer isso, mas poucos têm a coragem necessária. Para vencer esse Tabu, sugiro analisar o local antes para garantir que não há câmeras ou voyeurs escondidos...a não ser que você queira receber um e-mail indesejado no seu trabalho com o assunto: "Caiu na Net".


9 - Filmar o Jeb* - Quando se juntam memórias, câmera e tesão temos os ingredientes perfeitos para um vídeo amador. No entanto, certifique-se de que não há cópias do seu vídeo para que nenhum(a) ex-maluco(a) te transforme na próxima "Brasileirinha".


10 - Transar de 4 - Por mais incrível que pareça, algumas mulheres ainda têm tabus como este. Querem fazer amor, com beijinhos, carícias, olhos fechados e luzes apagadas em pleno século XXI. Meu conselho: Ou vira freira ou vira logo essa bundinha.


11 - Sexo sem proteção: Mais cedo ou mais tarde, você passará por uma situação onde a camisinha não estará por perto. Estando com a pilúla e exames em dia, prepare-se para encher o tanque/largar o boneco/dropar no pêlo. A mulherada pode confirmar: Chupar bala sem papel é bem melhor, né?


12 - Engolir: Mulheres, chupar não basta. Para fazer seu homem mais feliz, engula! Não há prova de amor mais bonita no mundo ideal masculino.


13 - Facial (lê-se Feishial) ou Gozada na Cara: Tabu para 95% das mulheres. As 5% que acham normal trabalham no ramo, frente às câmeras. Mas é como eu falei...Tabus foram feitos para serem quebrados. E se você não topar ultrapassar essas barreiras, não reclame se seu maridão acabar com sua amiga biscate. 


See how happy we get?
Aproveite a desculpa da revolução sexual e faça seu(sua) parceiro(a) mais feliz.

5 comentários:

  1. algumas coisas discordo, tem como satisfazer o parceiro sem fazer coisas que podem te deixar desconfortável.
    Há alguns atos que foram socialmente considerados indispensáveis para satisfazer seu parceiro, mas isso varia muito do tipo de relação do casal e do que cada um gosta, não há como padronizar.
    O que rola em 4 paredes só importa para quem está dentro!

    ResponderExcluir
  2. Hahahaha, gênio!
    Destaque para (1) as três letras do ritual de passagem da mulher adulta, (2) o conselho do número 10 e (3) a estimativa de que 5% das mulheres do mundo são atrizes pornô!!!

    ResponderExcluir
  3. Eh assim que eu gosto, meu caro Jebeando, sujeira em cada palavra escrita!
    Parabens, belo post!
    Bravo!!!

    ResponderExcluir
  4. Eu não tinha nojo de deixar gozar na minha boca. Tive dois namorados que eu deixava, mas muito exporadicamente, pois os dois fugiam da minha boca e dos meus beijos depois.
    Tudo mudou quando logo no início do nosso namoro, meu marido disse que não tinha nojo dele mesmo e nos beijaríamos depois, se eu fizesse ele gozar na minha boca.
    Estamos juntos há 15 anos e sexo oral com beijos melados ( BEMMMMM MELADOS ), e o que mais nos deixa excitados ( Principalmente quando tomamos um vinho e fazemos uma noitada de safadezas ).
    Acho NUIIIIITO excitante !!!!!

    ResponderExcluir