terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

"O problema não sou eu. O problema é você..."

"Você é a pessoa certa no momento errado da minha vida" ...Não. "O problema não é com você, é comigo". Também não. "Você merece alguém melhor do que eu". Pior ainda, ninguém é tão humilde assim.
Isso nos leva à reflexão a seguir: "Existe uma desculpa perfeita, um argumento convincente e padronizado que sirva para qualquer término de relacionamento?" Duvido muito. 
No meu modo de ver, toda situação de término de relacionamento é complicada e tem suas peculiaridades que exigem, cada uma, um tratamento diferenciado. Portanto, não existe uma frase mágica e universal que você diga que fará com que a pessoa chutada leve tudo na esportiva. 
Por outro lado, também não acho que as pessoas tem que ser extremamente sinceras (como o título acima e Ronald Rios sugerem) na hora de terminar um relacionamento e dizerem coisas como: "Você realmente é muito chata e sem graça. Eu até que tentei te mudar..." ou "Putz, sabe o que é? Não agüento mais seu bafo" ou ainda "Não temos mais compromisso nenhum, mas ainda quero te comer, beleza?". 
O senso de humor também deve ser deixado totalmente de lado. Sarcasmos como "Quero terminar, querida...não, querida não...'querida' você já não é faz tempo. Hahaaaaaaaaaa!!!" não são nada bem-vindos.

Mas então, qual a melhor opção?
Como ninguém gosta de escutar asneira e a maioria das pessoas reconhece uma *bilola de longe, acredito que a melhor opção seja: FALAR O QUE OUTRO QUER ESCUTAR.
Isso mesmo, mentir com classe e fugir dos clichês citados no primeiro parágrafo para que a DESCULPA ESFARRAPADA não pareça algo pronto e treinado.
A idéia principal dessa estratégia, então, é ser resiliente e se adaptar à situação vivida no momento. Veja os exemplos abaixo:
  • Exemplo 1
    • Cenário: Um dos dois ingressando na faculdade, o outro já saindo. 
    • Bilola ideal: "Nós estamos em estágios de vida diferentes, Você tem que aproveitar a faculdade ao máximo e eu estou muito focado em crescer profissionalmente".
  • Exemplo 2
    • Cenário: Excesso de trabalho.
    • Bilola ideal: "Ando tendo muito pouco tempo para mim mesmo. Me sinto sufocado e preciso desacelerar meu ritmo, o que só conseguirei estando em paz comigo mesmo"
  • Exemplo 3
    • Cenário: Viagens constantes ou mudança de cidade. 
    • Bilola ideal: "A distância está me matando. sinto falta do contato físico diário, apesar da explosão de alegria quando te vejo uma vez por mês" 
  • Exemplo 4
    • Cenário: Você encontrou outra pessoa e está prestes a trair
    • Bilola ideal: "Amadureci muito com nosso relacionamento, mas com o tempo acabei perdendo aquele tesão do começo. Preciso de um tempo para pensar e até reacender essa chama dentro de mim para que possamos ser felizes no futuro".
Como se pode ver, cada cenário acima mencionado leva a uma ação/resposta customizada para a situação. Se você pretende não magoar a pessoa "chutada", nada como adaptar sua resposta e não passar por grosseiro. Vale frisar que essa estratégia não é mal-intencionada, ela simplesmente visa preservar o bom relacionamento de ambos para o futuro.
Namoros que terminam aos socos e pontapés, em brigas monstruosas com agressões, xingamentos e excesso de verdade, deixam cicatrizes. No calor da batalha é muito fácil perder a cabeça e jogar na cara os maiores defeitos do parceiro de maneira psicologicamente irreversível.
É como meu amigo G.C. já dizia: "Camarada, sempre trate bem aquela sua ex que já te amou pelo que você é. Você nunca sabe se, no futuro, vai ficar gordo, zuado e sem ninguém".

Dica de música:

4 comentários:

  1. To tentando descobrir que é o G.C. Gostei do post, achei pertinente. Mas ainda prefiro as desculpas do Ronald. Como eu sempre gosto: curto, gross, direto e sincero. Hahahaha! Mas vc tá certo, não dá pra ser assim. Se bem que seria mto engraçado. Você esqueceu daquela do ex roomate JB: "Levanta a mão quem tem namorado...Não, vc abaixa! Não tem mais!" Hahahaha, mto boa!

    ResponderExcluir
  2. O ideal é terminar numa boa sem brigas e sem ofensas, mas isso poucos conseguem. Então que seja o maior cordial possível, pois se vc ficou com essa pessoa de alguma forma gostou dela.
    Obs.: Adorei a música!!!

    ResponderExcluir
  3. Boom das Bilolas Master 2011 - Rumo ao Butantã !

    ResponderExcluir