quinta-feira, 15 de abril de 2010

Zé Famoso, o sem amigos

Parando um pouco de falar de jeb* na tentativa de não mais afugentar as crianças e velhinhas que lêem esse blog, vou falar um pouco de amizade. Ou da falta dela. E pra isso, realmente espero que você tenha um "melhor amigo" ou "melhor amiga" ou até mesmo um BFF (Best Friends Forever - bem brega, por sinal) para que não se sinta sozinho no mundo. Não vou falar de confrarias, amizades coloridas ou irmandades. Mas sim da amizade de um modo simples.
Amizade que brota sem interesse. Aquela amizade que, quando você menos espera, percebe que está confiando seus maiores segredos a um colega - é nesse momento que ele se torna seu amigo. Amizade verdadeira como a daquele cara que pega um puta trânsito em São Paulo só pra te dar um tchau no aeroporto porque sabe que você vai ficar um ano inteiro longe dos amigos e família num longínquo lugar chamado Intercâmbio.
Maaaaaaas...Do outro lado da moeda, existe um tipo de pessoa que me irrita e sempre me irritou - o Zé Famosinho. Aquele cara que conhece todo mundo e, toda vez que você troca de colégio, entra na faculdade ou vai bater uma bola, parece ter uma melancia no pescoço e ser amigo íntimo de todos (Mas meu não!).
Comparando a vida urbana com a savana, o Zé Famosinho é quem tenta se mostrar o leão da turma, mas logo todos acabam percebendo que ele não passa de um pavãozinho (aliás, será que pavão dá um bom assado?). Isso mesmo. O Zé Famoso, invejado no 3o ano do colégio e até admirado por algumas famosinhas do colégio, não passa de um pavão sem amigos.
Um bom exemplo de quando acontece essa pavonice é o momento em que entramos na faculdade, mais especificamente na primeira semana de aula, e nos deparamos com um mundo totalmente novo (cito aqui novamente a faculdade porque conheci alguns roberts* muitos clóvis* durante os anos de graduação). Às vezes por interesse, muitas vezes por nos sentirmos sozinho e raras vezes por afinidade, nós acabamos nos unindo ao grupo de colegas mais próximo e não necessariamente ao grupo no qual nos encaixamos melhor. Só o tempo para nos revelar quem são os verdadeiros amigos - o problema é descobrir isso tarde demais.
Mas voltando a falar do Zé Famoso, acredito que deve ser muito triste, após anos de convivência dentro de um grupo social, descobrir que ninguém é realmente seu amigo! O ex-Zé Famoso se revela um Zé Ninguém, porque quando entram novas levas de calouros, ninguém mais se lembra que ele era o Mr. Famous e ele se vê envolto de amizades superficiais e nenhuma verdadeira. Todas as amizades que o Zé Pavão fez, foram pontuais e com interesses em conhecer a mulher do vizinho, uma maneira de ficar em evidência ou não perder a pose (Lembre-se!  Ele não tem amigos íntimos!).
Vocês vão conhecer muitas pessoas assim. Não os invejem. Porque se você não for um deles, vai acabar achando amizades verdadeiras onde menos espera. Encontrando naquele francês que pulava de namoro em namoro ou naquele cara meio estranhão, que não achava um corte certo pro cabelo e mudava seu nome na balada ou até mesmo naquele japonês bebaço, verdadeiros amigos.


Eu tenho amigos verdadeiros. Sei com quem posso contar na hora da fossa ou num dia em que a gasosa acabar às 3h da manhã no meio de uma favela cercado de marginais armados com AK-47s carregadas até o talo (tá bom...nem tanto).


Meu único medo é meu alter ego Nestor de Velasco.
Esse cara que sai de dentro de mim quando eu bebo além da conta, sabe como "perder amizades de 10 anos em 10 minutos". Mas até nos atos falhos, quem realmente é seu amigo vai saber que você errou - e errou feio- mas que você não é assim. 


E mesmo se você for assim, seu BFF vai pensar: ".........Cacete. Lá vou eu ajudar esse merda de novo".


Música do dia:
Paramore - Decode (acoustic)

2 comentários:

  1. Amei o post, acho que meu preferido até agr. fiquei até emocionada. escreveu coisas bonitas e senti uma homenagem ao N.P.! Me identifiquei e lembrei dos Zé-Famosos Sazon, aqueles que só temperam pros outros comerem. i miss you, bejo

    ResponderExcluir
  2. Ah, gostei desse Gui. Nao insultou as mulheres em nenhum momento!!! uahuahuhauhau

    ResponderExcluir